Brasil será o maior produtor mundial de carne bovina em cinco anos, prevê Abiec


Nos próximos cinco anos, o Brasil será o maior produtor de carne bovina do mundo, superando os Estados Unidos, que atualmente ocupam o primeiro lugar no ranking. A previsão é de Fernando Sampaio, diretor-executivo da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

Segundo a entidade, o mercado nacional é responsável por 17% da produção total da carne bovina no planeta, e o norte-americano 19%. "Hoje, já somos os maiores exportadores do produto, mas podemos superar os EUA até 2020, no que diz respeito à atividade produtiva", acredita Sampaio.

Um dos fatores que deve favorecer o País, na visão do diretor da Abiec, é a utilização da tecnologia pela bovinocultura. "A pecuária está ocupando cada vez menos espaço físico no campo, sem perder a produtividade. Mas nossa base ainda é o pasto, porque sai mais barato. Na produção norte-americana, por exemplo, o bezerro sai da vaca direto para o confinamento", comenta ele.

Uma estimativa divulgada recentemente pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) aponta que o Valor Bruto da Produção de carne bovina deve chegar ao fim de 2015 com algo em torno de R$ 93 bilhões, correspondendo a um aumento de 19,23 % sobre os R$ 78 bilhões do VBP no ano passado. Conforme a entidade, a cadeia produtiva brasileira da carne movimenta R$ 167,5 bilhões por ano e gera aproximadamente 7 milhões de empregos.

Conforme a CNA, as exportações nacionais de carne bovina cresceram 737% em 14 anos, passando de US$ 779 milhões (R$ 2,7 bilhões a preços de hoje), em 2000, para US$ 6,4 bilhões (R$ 22,2 bilhões), no ano passado. O Brasil é líder mundial em vendas externas do produto, com 21% do total. Leia mais.

Acesse relatório completo sobre a exportação de carne bovina em 2015 clicando no gráfico abaixo:

 

Fonte: Abiec

CAMPUS II Samambaia - Cx. POSTAL 131 - Goiânia - GO / CEP: 74001-970.
Telefone: (62) 3521-1360 / (62) 3521-1096
Email: contato@pastagem.org
Twitter: @pastagem_org