Como o aquecimento global coloca em risco a agricultura brasileira


Plantação de soja em Cascavel, no Paraná (Foto: Delfim Martins/Pulsar )

A agricultura já é normalmente vulnerável a eventos climáticos – basta ver os impactos das fortes chuvas no Sul ou da seca em São Paulo, por exemplo. Em um cenário de forte aumento da temperatura do planeta, a situação fica extrema. Uma análise feita pela Embrapa mostra, em mapas, o risco que nossas lavouras correm por conta do aquecimento global.

Os mapas foram preparados pelo pesquisador Eduardo Assad, da Embrapa. Eles mostram como que um planeta mais quente afetará três importantes culturas brasileiras: arroz, milho e soja. Os mapas comparam as áreas de risco de perda de lavoura dessas culturas registradas em 1990 com as previsões de perda de lavoura no futuro de um dos cenários do IPCC, o que prevê o aumento de 3,7ºC na média de temperatura em 2085.

O material faz parte de um estudo mais amplo, liderado pelo presidente da Capes, Carlos Nobre, para avaliar os riscos de um aquecimento global extremo no Brasil. Leia mais.

 

Fonte: Época

Copyright © 2020 Pastagem.org. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre liberado sob os termos da Licença Pública Geral GNU.