Oscilações de preços ainda são pontuais no mercado do boi gordo


O volume de negócios no mercado físico do boi gordo avançou de forma regular na semana mediante o aparecimento de maiores ofertas de animais para abate. A maior parte das indústrias frigoríficas já não reclamam de grandes dificuldades de compra. Mas a maior dinâmica dos negócios não foi sinônimo de pressões baixistas, uma vez que a atuação mais ativa dos frigoríficos manteve o cenário de preços estáveis.

Pecuaristas estão optando por liquidar ofertas de lotes terminados por não enxergar movimentos mais consistentes de alta nos preços nos próximos dias. O excesso de chuvas tem afetado o manejo nos confinamentos. Outros também optaram por elevar as ofertas de venda no prazo, com pagamento no começo de 2016. Neste contexto, as escalas avançaram e, em média, atendem pouco mais de 5 dias.

No mercado atacado, as indústrias frigoríficos já começam a sentir o enfraquecimento das vendas e temem retração nos preços dos principais cortes bovinos. Desta forma, prevalece a intenção de evitar ao máximo possível a formação de estoques que potencialmente podem gerar graves prejuízos. Quanto aos preços dos principais cortes bovinos, o ambiente ainda é de estabilidade em algumas praças. O mercado, de maneira geral, ainda encontra suporte na baixa oferta e no baixo estoque existente nas câmaras frigoríficas, além das exportações firmes.

Fonte: FNP

Copyright © 2020 Pastagem.org. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre liberado sob os termos da Licença Pública Geral GNU.